Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis






Total de visitas: 2998

Meninos, eu vi!

Meninos, eu vi!

 

Talvez esse tenha sido um dos jogos mais emocionantes do campeonato brasileiro 2011. A disputa não era apenas por uma posição na tabela. E teria motivos para ser. O time rubro- negro cairia do 3° para o 6° lugar se não vencesse a partida. O time da Vila Belmiro queria sair da desconfortável 13°posição, só que o jogo prometia mais que isso. Tratava- se de um duelo entre os maiores nomes do futebol brasileiro. Quem venceria, a experiência ou a juventude? No jogo entre Santos e Flamengo, na Vila Belmiro no dia 27 de julho, pela 13° rodada do brasileirão, não dava para responder essa pergunta. Até o último minuto de jogo foi adrenalina pura. Não dava para arriscar um palpite. Era Vanderley Luxemburgo de um lado e Muricy Ramalho do outro. Foram ao todo nove gols marcados.

Entre os gols marcados dois foram de Neymar e três de Ronaldinho Gaúcho, o último, inclusive criticado pelo goleiro Rafael do S. F. C. Em uma entrevista à TV, o goleiro havia falado que "Gaúcho" era feio demais! Mas pior que isso aconteceu na hora do jogo, fora de campo. Os torcedores santistas fizeram ofensas de caráter racista ao jogadores rubro- negro que faziam o aquecimento. Teve de tudo no jogo. Mais do que ofensas verbais houve agressões dentro de campo. Agressões graves, feitas por Neymar inclusive e que o juíz se recusava ver. Não satisfeito em machucar, o "moleque" caiu na área, propositalmente. O que aconteceu? O árbitro não pensou duas vezes e marcou penâlti. A sorte dos flamenguistas foi que o jogador que cobrou era o mesmo que chutou a bola na lua na partida contra o paraguai, pela Copa América 2011. Elano dessa vez não chutou longe não, aconteceu diferente. O goleiro Felipe defendeu! Cheio de estilo, com direito à embaixadinhas depois da defesa e tudo!

Está bem, mas agora vamos aos gols, aos nove gols da partida. O Santos começou o jogo com aquele modo humilhante de jogar. Não tinha para ninguém. Borges, aos cinco minutos do primeiro tempo abriu o placar para o peixe com um gol cheio de categoria. O jogo parecia ser mesmo dos meninos da Vila. Não demorou e Borges marcou de novo. Parecia jogar sozinho o Santos, o Flamengo nem sequer arriscava. Como se não estivesse bom, outro gol. Não, não era para o time carioca não, era outro gol do Santos, de Neymar, daqueles de deixar qualquer um com o queixo caído. É, o jogo estava se complicando ainda mais para o time de Ronaldinho Gaúcho.

Ronaldinho Gaúcho fez o primeiro. Isso mesmo, o flamengo enfim acordou e marcou de cabeça. Em seguida foi a vez de Thiago Neves marcar. Dois a três. No final do primeiro tempo, mesmo com o Santos jogando muito, David empatou o jogo. Sim, o "mengo" fez três! No final do primeiro tempo o placar dava a entender que o espetáculo estava apenas começando. Final de primeiro tempo: três Santos, três Flamengo.

Neymar voltou do segundo tempo dando mais show. Marcou um inspirado. 4x3 Santos. Só que Ronaldinho Gaúcho também estava lá. Em uma falta onde ninguém esperava um gol o atual artilheiro do brasileirão com oito gols marcou de bola rasteira. 4x4. Tudo igual de novo na Vila Belmiro. Daí para frente só deu flamengo. R10 fez outro, abriu vantagem, dessa vez para definir o jogo. Flamengo 5, Santos 4. Quem assistiu a esse espetáculo sem dúvida vai ter muita história para contar. Seja para amigos, pai, mãe, filhos, netos. "Meninos eu vi! Vi um duelo que não se vê por aí! O encontro da juventude com a experiência. Espetáculo de um lado, show de outro, algo que apenas os quase 13 mil privilegiados torcedores presentes viram".

 

Texto: Joyciane Xavier